Pular para o conteúdo

Feira Literária de Bonito lotou praça e premiou alunos em noite de abertura

Evento chegou à oitava edição fazendo cidade respirar cultura e arte

A Praça da Liberdade, em Bonito, ficou lotada para o grande início da oitava edição da Feira Literária de Bonito (FLIB). A abertura que iniciou com um cortejo pela rua Pilad de Rebuá em direção à Praça da Liberdade, onde a Flib está instalada, também contemplou os presentes com apresentações de ballet e música.

Além disso, durante a abertura, ocorreu a premiação do 2º Concurso de Redação da Flib 2024. Participaram alunos da rede municipal de ensino e o objetivo é o de valorizar e estimular a criatividade literária entre os estudantes da cidade. 

Na categoria Prosa, os ganhadores foram Thiago Emanuel dos Santos que ficou em terceiro lugar com o texto “O Monstro do Rio”; em segundo, a aluna Giselli Martins Almeida, com “A história de um nordestino” e, em primeiro lugar, Ana Goulart, com o texto “Fronteiras Superadas”. Os três são alunos da Escola Municipal Rural Professor Francisco Aniso Corrêa Ferreira, do distrito de Águas de Miranda.

Emocionada, a professora Mariane Morais Rigotti, orientadora dos três vencedores, pontuou que durante o processo, foram trabalhados textos de Graciliano Ramos, um dos homenageados da Flib 2024, e que os alunos buscaram, a partir deles, inspiração nas trajetórias de suas famílias para os textos. A aluna Giselli Martins, por exemplo, conta que sua grande inspiração foi seu avô, um homem nordestino que sofreu com a fome e a seca e encontrou em Bonito um lugar para reescrever sua vida. “Escrevendo a história dele, eu também escrevi a minha e a da minha família. Poder contar sobre o que ele passou foi muito especial, pois, assim, todo mundo pode saber de sua história”, contou.

Para a professora Mariane, participar do concurso, sobretudo para uma escola da área rural, é uma forma de estimular os estudantes a buscarem o seu melhor. “Eu acredito muito no conhecimento e a literatura é uma maneira de nossos alunos poderem buscar novos mundos, viajar um pouquinho mesmo sem sair do lugar. Além disso, é muito importante que esse tipo de concurso exista, pois os incentiva a escrever e, claro, eles adoram ter a oportunidade de ganhar os prêmios”, contou emocionada. 

Na categoria Poesia, os vencedores foram Jhonfrank Emanuel Lopez Luna, com a poesia “Um venezuelano brasileiro”, da Escola Municipal Professora Durvalina Dornelles Teixeira, orientado pela professora Ana Paula Ortega Nunes Montenegro; em segundo lugar ficou Izabel Beraldo, com o poema “Vivência”, da Escola Municipal Professora Izaura Pinto Guimarães, com a orientação da professora Cleuza Aparecida Lopes dos Santos e, da mesma escola, a aluna Helenice Vitória de Carvalho, com o poema “A vida” ficou em terceiro lugar.

Para a Secretária Municipal de Educação e Cultura de Bonito, Eliana Maria Rafael Fregatto, que participou da abertura da FLIB e da entrega dos prêmios aos alunos, o concurso tem um significado importante na trajetória dos estudantes. “Esse ano com o tema da FLIB sendo ‘Literatura: Fronteiras e Travessias’, os alunos puderam fazer um resgate cultural da história de vida deles, de suas famílias, buscando a chegada de seus avôs a Bonito, por exemplo. Foi todo um aprendizado cultural e um resgate de suas memórias afetivas, em meio a um mundo tão digital”, afirmou.

crédito: Luana Chadid

Abertura –  A cerimônia de abertura contou também com a presença de diversas autoridades que destacaram a importância de eventos como a FLIB para o estado. O diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Eduardo Mendes Pinto, se surpreendeu ao ver a Praça da Liberdade lotada e tão bem preparada para o evento. “É uma grande alegria estar aqui em um evento organizado por pessoas da iniciativa privada, como o idealizador Carlos Porto e a curadora Maria Adélia Menegazzo. Ver o poder público apoiando essas pessoas na realização de grandes eventos nos deixa extremamente felizes. Hoje, estar na FLIB e ver uma praça tão bonita, bem organizada e com um público tão animado nos traz imensa satisfação.”

Para o prefeito de Bonito, Josmail Rodrigues, eventos como a FLIB fazem a cidade respirar cultura e ainda trazem diversos benefícios para o dia a dia dos bonitenses, como o fomento à economia e ao ecoturismo, estimulando a rede hoteleira, o comércio e a culinária local. “Além disso, é gratificante ver a praça lotada, com as crianças felizes e se divertindo. Quem ganha é a população e o que fica é a gratidão por poder receber eventos assim”, destacou.

Lelo Marchi, diretor de Cultura de Bonito, afirmou que ter uma Feira Literária na cidade é uma grande oportunidade para os moradores da cidade. “Receber um evento tão importante e raro no Brasil como são as feiras literárias é um privilégio. Nos próximos dias vocês verão a praça lotada com as crianças das nossas escolas. A gente agradece porque nós sabemos como é difícil organizar algo assim, especialmente eventos literários. Esperamos que essa feira cresça e se torne ainda maior.”

Representando o deputado federal Vander Loubet, que destinou emenda parlamentar para a realização da FLIB, o vereador Professor PH, lembrou da primeira edição da Feira, em 2015. “Ainda não sabíamos direito como iria ser, como seriam as questões de logística, se iria ou não dar certo, mas a cidade comprou a ideia e foi um evento incrível. Hoje, já na oitava edição fica muito claro como o evento é importante para a população e como a literatura pode transformar”, pontuou. 

Para fechar a noite, a Praça da Liberdade recebeu shows musicais da dupla Erika Espíndola e Flávio Bernardo, e Guga Borba. 

crédito: Elis Regina

crédito: Luana Chadid

Programação – Na quinta, 4 de julho, a programação da FLIB traz diversas atrações e mais de 600 crianças devem participar do Circuito Cultural Infantil, que contará com contação de histórias com Badaiá, a oficina “Palavras Poéticas” com Vini Willyam, um varal de brinquedos com Ramona Rodrigues e o espetáculo “Emaranhada” com Amarilis Irani, que celebra a representatividade negra através da história de Mavi. A Cia Apoema apresentará o espetáculo Requebra Torto, trazendo cantigas e brincadeiras de infância.

Durante todo o dia acontecerão atividades para todos os gostos e interesses. Das 8h às 10h e das 14h às 16h, na Sala SinhaVitória, haverá a oficina de formação “Arte na Educação Básica” com Badaiá. Das 9h às 10h, na Sala Morro Azul, ocorrerá uma roda de conversa intitulada “Fronteiras e Travessias” com Álvaro Banducci Jr e Maria Adélia Menegazzo. 

Às 15h, no Lounge, acontece o “Dedo de Prosa” com Marlene Mourão (Peninha), André Ramalho, Rossini Benício e Jander Gomez, seguido do “Café com Letras” às 15h30, com o lançamento de livros. 

Às 16h haverá Conversas Literárias com a poeta Jô Freitas, mediadas por Karina Vicelli do IFMS de Dourados. Às 17h, Douglas Diegues ministrará uma palestra sobre poesia e literatura nas fronteiras desconhecidas do Brasil com o Paraguai, mediada por Thaís Pompeo. 

Às 18h, no Lounge, haverá uma roda de conversa sobre as trajetórias de Hélio Serejo e Aglay Trindade, homenageados nesta edição, mediada por Lora Bertolucci e Melly Sena. Às 19h, Thiago Mio Salla apresentará a palestra “Um Novo Velho Graciliano Ramos: Fronteiras e Travessias”. 

No Palco Principal, às 20h, será exibido o filme “Vidas Secas”, seguido pela apresentação do Slam Camélias às 21h e um show musical com Vozmecê às 22h.

Para participar das oficinas, é preciso se inscrever pelo link https://bit.ly/OficinasFlib2024 e a programação completa está disponível em https://flibonito.com/programacao/ .

Sobre a Feira – A programação da Feira Literária de Bonito é aberta a todos os públicos e 100% gratuita. Ela é realizada pelo Instituto Ímole, organizada pela Bolt Realizações e com o patrocínio do Governo Federal, Ministério da Cultura, copatrocínio da Caixa Econômica Federal. Além disso, a feira conta com apoio do Governo de Mato Grosso do Sul; Sistema Fecomércio; Sesc MS; deputado federal Vander Loubet por meio de emenda parlamentar; Prefeitura Municipal de Bonito; Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio de Bonito; Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul; Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura (Setesc) e Zoom Publicidade.

Para saber mais sobre a Flib e receber em primeira mão atualizações sobre a programação, basta acessar www.instagram.com/flibonito.

Serviço

Feira Literária de Bonito – FLIB 2024

quando: de 3 a 6 de julho, das 10 às 22h

onde: Praça da Liberdade, Bonito (MS) – R. Luís da Costa Leite, s/n

Programação gratuita e aberta ao público

A programação completa está disponível no site https://flibonito.com.

Evelise Couto – assessoria de imprensa FLIB